Sexta-Feira 12/11

12/11/2010 – Sexta-Feira

Manhã:

1. Flash Back Society (Guto Parente – Fortaleza 2009) – 8 minutos

Um mundo feito de luzes efêmeras, temporárias, alumbramentos instantâneos.

2. E.Ice.T (Mariana Aguiar e Philippe Hartmam – Brasil 2002) – 5 minutos

Porque corpos escaldantes precisam de gelo.

3. Destroços de uma infância onde não havia chovido (Alex Lindolfo – 2009) – 4 minutos

Quando a chuva evoca lembranças.

4. Kombucha (Sávio Leite – Belo Horizonte/La Paz 2009) – 2 minutos

Um instantâneo sobre um país estrangeiro.

5. As Crianças e as Armas de Fogo (Celso Lira) – 1 minuto

Porque certas coisas não podem ser aproximadas.

6. Olhonoolho (Baga Defente – 2008) – 11 segundos

Sade na era digital.

7. Pescaria ( Joacelio Batista – Brasil 2010) 4 minutos

Personagens de Klee, Kandinsky e Mondrian encontram-se em uma pescaria. 

8. A Infância de Margot (Bruno de Oliveira) – 4 minutos

Porque a infância se esvai feito um pequeno balão vermelho

9. A Montanha Mágica (Petrus Cariry – Fortaleza s.d) – 15 minutos

A memória tecida em movimentos circulares, tal como um brinquedo.

10. A relação entre a mídia e a sua audiência (Joacelio Batista – Brasil) 6 minutos

O mundo como espetáculo: existe uma verdade, a quem ela interessa?  

11. Avós (Michael Wahrmann – Brasil 2009) – 12 minutos

O pai do pai, a mãe da mãe, a mãe do pai, o pai da mãe: quem são?

12. Laurita (Roney de Freitas – São Paulo) – 20 minutos

O surgimento do olhar feminino, um olhar capaz de suspender o mundo.

13. “Miró 19 03 09”(Julio Melo – Brasil - 2009) 12 minutos

O poeta recifense Miró discute o papel da poesia marginal nos centros urbanos.

 

14. Icóla (Baga Defente e Lara Valente – 2009) – 2 minutos

Os primeiros trajetos pelo mundo.

15. Se todos fosse iguais (Fernando Barcellos e Joyce Bastos) – 18 minutos

O mundo aos olhos de algumas crianças.

16. Fio Condutor (Marcos Paulo Rolla – Belo Horizonte 2008) – 18 minutos

Antes do enlace, é preciso estar certo de onde se vai.

17. Cadernos de Viagem (Alex Lindolfo – 2009) – 5 minutos

O movimento do mundo captado nas teclas de um computador.

18. Dontinho: a missão (Brasil 2009) – 6 minutos

Vídeo educativo sobre higiene bucal.

19. Psychodemia (Scoria Trash Filmes – Brasil) – 16 minutos

 

Noite:

19:00 – 22:30 Exibição de Curtas-metragens


1. Poética (Sidney Schoeder – Brasil) – 6 minutos

Uma poesia da vida moderna.

2. People change (Ricardo kenski – Espanha) 8 minutos

3. Não tente resistir (Kula Webradio) - CURTA DE TOLEDO PR

Ao infinito e além.

4. Made in Japan (Ciro Altabás – Espanha) – 6 minutos

Certas histórias parecem escritas em japonês.

5. Felizes para sempre (Ricky Mastro – Brasil) – 10 minutos

O porquê de certas escolhas.

6. Um conto de solidão (Essi Rafael - Brasil) 12 minuutos

7. Out of Here (Chino Moyá – Inglaterra 2009) – 8 minutos

O fim de uma relação e o mergulho no que é novo.

8. Cinemaiêutica (Rodrigo Falk Brum – Joinville 2008) – 12 minutos.

Você pode estar num filme, e nem saber...

9. Carta de um jovem suicida (Marcelo Ikeda – Brasil) – 25 minutos

A última carta.

10. Uma Historia sin Palabras (Pepe Carrasco – Espanha, 2010) – 19 minutos

A todos aqueles que de forma direta ou indireta sofreram as consequências das guerras.

11. Porque hay cosas que nunca se olvidan (Lucas Figueroa – Espanha) – 10 minutos

Porque há coisas que nunca se esquecem, sobretudo se envolver uma bola de futebol

 

-->

1. Poética (Sidney Schoeder – Brasil) – 6 minutos

Uma poesia da vida moderna.

2. People change (Ricardo kenski – Espanha) 8 minutos

3. Não tente resistir (Kula Webradio)

Ao infinito e além.

4. Made in Japan (Ciro Altabás – Espanha) – 6 minutos

Certas histórias parecem escritas em japonês.

5. Felizes para sempre (Ricky Mastro – Brasil) – 10 minutos

O porquê de certas escolhas.

6. Um conto de solidão (Essi Rafael - Brasil) 12 minuutos

7. Out of Here (Chino Moyá – Inglaterra 2009) – 8 minutos

O fim de uma relação e o mergulho no que é novo.

8. Cinemaiêutica (Rodrigo Falk Brum – Joinville 2008) – 12 minutos.

Você pode estar num filme, e nem saber...

9. Carta de um jovem suicida (Marcelo Ikeda – Brasil) – 25 minutos

A última carta.

10. Uma Historia sin Palabras (Pepe Carrasco – Espanha, 2010) – 19 minutos

A todos aqueles que de forma direta ou indireta sofreram as consequências das guerras.

11. Porque hay cosas que nunca se olvidan (Lucas Figueroa – Espanha) – 10 minutos

Porque há coisas que nunca se esquecem, sobretudo se envolver uma bola de futebol

VII Mostra de Curtas da Unioeste - Campus de Toledo - Paraná - Brasil